DORAMA – Barker King, Kim Tak Goo

Gênero: Romance/família
Episódios: 30
Exibido em 2010.

baker-king-kim-tak-goo-poster-3

Elenco principal:
Yoon Shi Yoon como Kim Tak Goo
Eugene como Shin Yoo Kyung
Joo Won como Goo Ma Joon
Lee Young Ah como Yang Mi Sun
Jun Kwang Ryul como Goo Il Joong

hoc-tieng-han-qua-bai-hat1

Sinopse:
A história começa lá nos anos 60 para 70, com Goo Il Joong, um chefe de família bem estabelecida que é pressionado a manter uma postura de ‘homem rico’. Porém, ele construiu todo o seu império de pães sozinho, do zero, trabalhando muito duro, desde jovem, em um período difícil de pós-guerra. Casar com uma herdeira ajudou, mas não foi tudo. O grande problema é que ele é infeliz nessa vida, gosta das coisas mais simples e principalmente de ter alguém que o compreenda ao seu lado. É em um momento de fragilidade que ele acaba se envolvendo com uma moça que é meio que empregada-agregada da sua casa, e os dois se deixam levar pelo romance enquanto a esposa dá a luz a sua segunda filha.

maxresdefault

Ao saber que era uma menina e não o esperado herdeiro que ela queria, a esposa fica ainda mais frustrada com o seu casamento, pois tudo o que é importante para ela é posição social. Um menino, nesse contexto, representa estabilidade, alguém que assumirá os negócios do pai. E, ao saber do envolvimento do marido com a moça agregada e do filho que ela espera, a senhora se vinga engravidando do mordomo (ou algo assim) da casa, seu aliado.

Desses dois envolvimentos acabam nascendo meninos. Porém, um com a glória de ser coroado herdeiro (apesar de não ser legítimo), e o outro desprezado (mesmo sendo legítimo), já que a mãe foi expulsa da mansão. E esse desprezado é o nosso Kim Tak Goo.

Kim Tak Goo cresceu em pobreza material, mas rico com os valores da sua mãe, que o educou para ser uma boa pessoa. Na vila em que mora, com uns 12 anos, ele acaba se envolvendo com uma menina triste que foi abandona pela mãe e apanha do pai alcoólatra, e ali se inicia um primeiro amor.

Quando a situação fica difícil para a mãe de Kim Tak Goo, ela decide levá-lo de volta para a mansão, para que ele possa ter uma boa educação.

bakerking_ep3_3

Porém, vivendo sozinho nessa família que é a sua, mas é completamente estranha, o menino é desprezado e maltratado, principalmente pelo irmão mimado e a esposa do seu pai. Depois de um tempo, a esposa consegue elaborar uma trama para tirar os dois indesejados da sua vida: mãe do Kim Tak Goo morre em um acidente, e o menino se extravia na vida.

Kim Tak Goo cresce em meio a malandragem e bandidos, lutando para sobreviver com a sua esperteza e bom coração. Porém, um dia ele amanhece quase morto em frente a uma padaria, onde a família o acolhe, e é aí que a sua verdadeira jornada começa.

tumblr_mh0w2hga4j1r8sro0o2_500

Ao contrário de todos os filhos legítimos do Goo Il Joong, Kim Tak Goo é o único que possuí o talento e a genialidade culinária do pai, o que o torna o herdeiro mais do que perfeito para assumir os negócios da empresa. Mas até que isso aconteça, ainda vai ter muitas mentiras, segredos e revelações pelo caminho xD

20100915_bakerking2_seoulbeats

Opinião LAP:

Ufa, muita história xD E não é nem a metade de tudo xD

Barker King parece muito, mas muito mesmo, uma novela mexicana. Não exatamente pelo dramalhão (apesar de ele estar ali), mas pelo formato que ele foi gravado. A história começa lá nos 60, e depois, quando Kim Tak Goo é aprendiz na padaria, parece que se está nos anos 80, perto de começar os 90. E isso que dá essa sensação de novela mexicana xD Contudo, não achem que isso é algo ruim. Na verdade, faz tudo parecer realmente uma história ‘baseada em fatos reais’. Não sabemos dizer se é um remake ou se veio de algum livro de sucesso. O fato é que é um dorama relativamente novo com aparência de final de século XX (tanto que fomos pesquisar para saber se ele realmente foi produzido em 2010 xD)

A parte do romance também é legal, um estilo que nós gostamos. Com Kim Tak Goo na padaria sendo aprendiz, ele volta a encontrar aquela sua amiga de infância, o seu primeiro amor, e é claro que os dois se envolvem.

20100810_bakerking_date

Porém, agora existe na vida dele também a filha-pirralha do dono da padaria.

baker2

Entre isso, o irmão-mimado (Joo Won \o/) chega a essa padaria também como aprendiz, já que o dono na mesma (olha só, o destino, esse encrenqueiro) é um amigo que seu pai respeita muito, e acaba se deparando com aquele que pode roubar a sua posição de herdeiro. E, pior ainda: descobre que o bastardo é anos luz mais talentoso que ele. E, a melhor parte desse irmão mimado é que, apesar de todas as maldades que ele faz, você entende desde começo o que o leva a agir daquela maneira, e acaba torcendo para que ele tenha um final feliz xD

2c3883035196427a43934953eaa7c8af-drama-drama-yoon-shi-yoon

E, gente, esses dois sendo irmãos de verdade (mesmo na verdade não sendo, já que não são filhos de pais iguais), sem todas as complicações, eles se dariam tão bem…

vua-lam-banh1_ffa71

Também tem outra coisa legal na história que tem a ver com a época: a irmã mais velha. Apesar de o Kim Tak Goo ter o talento do pai, essa irmã é extremamente competente com os negócios, podendo ela mesma assumir a empresa e fazer ela ser ainda maior… Só que existe o inconveniente de ela ser mulher, em uma época em que liderança feminina não era bem vista pela sociedade.

Enfim, comparado com todos os outros doramas que já vimos, esse é um tanto diferente por todos esses motivos citados, e só por isso vale a pena assistir. Não desista dele pensando que é uma novela mexicana, pq na verdade essa embalagem é proposital e não um ponto negativo xD

Vídeos

DORAMA – Reply 1988

Gênero: Comédia/ romance/ Família
Episódios: 20
Exibido em 2016

hyeri-lee-mi-yeon-park-bo-gum_1453299293_af_org

Elenco principal:
Hye Ri como Sung Duk Sun
Ryu Hye Young como Sung Bo Ra
Ryu Joon Yul como Kim Jung Hwan
Go Kyung Pyo como Sun Woo
Park Bo Gum como Choi Taek
Lee Dong Hwi como Ryu Dong Ryong

0a7e8019d3be02612ce20d0a2a9b0a5f-drama-movies-k-drama

Sinopse:
Duk Sun, Jung Hwan, Sun Woo, Choi Taek e Dong Ryong são jovens que moram em uma mesma rua e cresceram juntos. Tirando o Taek que se mudou para o lugar com uns seis anos, todos os outros praticamente se conhecem desde que nasceram, e convivem juntos desde sempre.

1988

Todo esse dorama conta sobre o envolvimento das famílias deles, sobre o convívio nessa rua, sobre a época em que vivem, as dificuldades de cada família e as mudanças sociais que eles vivenciam no decorrer de praticamente uma década de história contada. Por ser um misto de várias situações, não tem como se fazer uma sinopse que dê para abarcar tudo o que é contado (e que não dê spoilers(, mas existe uma linha: no nosso tempo de hoje, Duk Sun, uma senhora de uns 50 anos, está gravando um documentário junto com o seu marido, falando sobre como foi a sua infância junto com esse seu marido. Mas, quem entre todos esses meninos que cresceram com ela é o tal marido? xD Sério, tem que prestar muita atenção e mesmo assim só quando ela fala mesmo é que temos certeza xD E, junto com as suas lembranças, vamos acompanhando o crescimento de todos eles, de como passaram de moleques ranhentos e encrenqueiros da rua até adultos (quase) responsáveis.

tumblr_o1jn1vghcv1uv1ebco1_1280-8278

Opinião LAP:
Infância e juventude, aquele tempo em que todos nós brincávamos juntos e nossos pais eram tão grandes como montanhas. Uma frase  que é (+/- isso) dita no dorama e praticamente resume esse dorama inteiro xD

r88ae-690x400

Principalmente para quem viveu uma época de se brincar na rua com os amigos, de chegar da escola e passar o resto do dia inteiro juntos, até as mães começarem a gritar chamando cada um para ir tomar banho e jantar que já estava escurecendo. Para alguns pode parecer bem simples, já para outros que nasceram nesse novo século pode ser uma realidade que nunca existiu. Para quem teve esse tipo de infância, fica toda a nostalgia a e aquele sentimento terno dos laços fortes que construímos nessa época. Para quem não pôde viver uma infância e juventude assim, é possível compreender porque é algo que nos provoca lágrimas por agora só existir em forma de lembranças. Também, outra coisa: amigos. Existe uma grande diferença entre fazer amigos conforme crescemos e termos amigos desde que nos entendemos por gente. As raízes deles estão emaranhadas com as nossas, e mesmo que nos separemos em algum um ponto, eles fizeram parte da nossa vida de uma forma eterna. É algo extremamente valioso, que não pode ser comprado em lugar nenhum, e que muitas vezes só damos importância quando perdemos.

b1e8c7ca_-_c3bbc3e1

Então, resumindo, esse dorama bate lá no fundo do nosso coração e, ao menos que você tenha sido uma criança isolada do resto do mundo, vai chorar lembrando de uma época da sua vida quando havia brincadeiras todos os dias e os seus pais eram refúgios seguros para se voltar no começo da noite xD

Seguindo a mesma linha dos outros Replys, 1997 e 1994, esse tem um algo a mais: a história dos pais também é importante. Da mesma forma que as suas crianças cresceram juntos, esses pais estão unidos.

vlcsnap-2016-01-19-23h00m49s860

Era uma época em que os pais se reuniam no final do dia para conversarem e beberem juntos, que as mães sentava juntas na rua em frente as suas casas para conversar sobre tudo (e principalmente sobre os filhos). As mães sempre cozinhavam porções grandes dos pratos e mandavam as crianças levarem um pouco para dividir com os vizinhos, havia essa troca gentilezas sem se esperar nada de volta (mas, sempre havia algo em retorno). As mães brigavam e defendiam as crianças da vizinhança como se fossem todas suas, das mesma forma que os pais pensavam  nas brincadeiras abarcando todo mundo e não somente seus filhos. As comemorações por algo alcançado por um dos pequenos era uma festa que se estendia para os vizinhos-amigos, a felicidade pela conquista sendo compartilhadas por todos os pais. Então, se os outros Replys focaram em nostalgia, amizade e romances, esse foca muito, mas muito mesmo, em família, em valores, em o quanto é importante essas relações que duram a vida inteira.

iSdDVzapPEqMwHS-1600x900-noPad

De verdade, assistam xD É tudo o que podemos dizer a mais.
E, não tem um resumo melhor da história e da emoção que sentimos ao acompanhar esse dorama do que esse vídeo lindo loopeternoelágrimaseternascomele xD

Ps: sim, esse dorama inspirou livro xD Aguardem, no futuro xD

DORAMA – Marriage contract

Gênero: melodrama
Episódios: 16
Exibido em 2016

drama-korea-e2809cmarriage-contracte2809d-2

Elenco principal:
Lee Seo Jin como Han Ji Hoon
Uee como Kang Hye Soo
Shin Rin Ah como Cha Eun Sung

437-957

Sinopse:
marriage-contract-kdrama-posterHan Ji Hoon é um herdeiro solteirão de meia idade que aproveitou a juventude vivendo fora do país, correndo atrás do seu sonho de ser músico e aprontando com o que dinheiro e posição lhe permitiam. Porém, chegou a hora de se estabelecer, seja nos negócios da família quanto na própria família. Assim, ele começa a administrar uma rede de restaurantes e, ao contrário do que se esperava dele, é muito bem sucedido. Só que na parte da esposa tão almejada pelos pais, ele deixa a desejar. E é no contexto do cenário do seu trabalho que ele acaba esbarrando-atropelando a Kang Hye Soo, e a partir desse momento ela e sua filha entram definitivamente na vida dele.

Primeiro ele pensa que ela armou toda a situação para tirar dinheiro dele, já que ele tem certeza que o carro nem relou na moça, e não era tanto susto para ela ter desmaiado daquela forma. Então, ele tenta encurtar a conversa oferecendo dinheiro de uma vez, mas ela é firme na sua posição de não aceitar a ajuda dele, mesmo precisando muito.  Muito mesmo.  E essa oposição o faz pensar que ela é perfeita para um plano que ele tem, de arranjar uma esposa de fachada para fugir da perseguição dos pais.mariagecontrat

Hye Soo é uma jovem viúva e cuida sozinha da filha desde que o marido morreu em um acidente de carro, a deixando apenas com uma enorme dívida com agiotas. Por isso, ela está sempre fugindo dos credores e buscando por empregos, mas nem sempre tem sucesso. Foi quando ela esteve em uma entrevista de emprego no restaurante que acabou quase sendo atropelada por Ji Hoon, e também foi com esse desmaio repentino que ela descobriu que tem um câncer no cérebro (sim, só para ajudar).

Apesar de ter seus valores e seu orgulho, existe a pequena Eun Sung na sua vida. Se a mãe se for, quem vai cuidar dessa menina de seis anos? É por estar nessa situação que ela decide aceitar o contrato do casamento, desde que Ji Honn aceite uma condição: ele se tornar o responsável pela Eun Sung até ela entrar para a faculdade (o que equivale a ela ser adulta o suficiente para se cuidar sozinha).

774_1

Opinião LAP:
Sim, é melodrama, com doença e com chororo. Mas, ainda que tenha esse formato, conseguiu não ser uma história maçante daquela que vamos passando para frente para ver o final de uma vez. Entre choros e lágrimas, é uma história muito bem contada xD Nos emocionamos e nos impressionamos com a força da mãe e da filha e, assim como o Ji Hoon que aos poucos vai descobrindo, e acabamos sendo conquistados por essas duas.

marriagecontract-endscene

É importante dizer que ele não é um dorama-jovem, como é mais comum vermos. Ele lida com o peso de um final abrupto (não necessariamente trágico, mas definitivamente não feliz), que pode acontecer de repente sem nos avisar. Existe toda essa tensão na história, da Hye Soo tentando esconder a sua doença de todos e principalmente da filha, mesmo que isso a destrua aos poucos. E por isso é lindo e nos faz chorar em alguns momentos xD

9226408_catch-the-top-12-must-watch-k-dramas-on_t5a0c3dbd

E, um prêmio para a atriz Uee!
Depois de ter sido a Fada Má em You’re Beautiful e a menina mimada em Ojakgyo Brothers (ou seja, meio que nunca conseguir ser uma mocinha de dorama que todos gostam), aqui ela se superou! Superou ao ponto de merecer prêmio de melhor atuação, sério! xD No fim, ela se sai muito melhor como mulher determinada do que como garota romântica ou arrogante xD

00

Destaque também para a atriz-mirim que faz a Eun Sung! Mesmo sem os dois dentes da frente ela consegue ser uma adorável-encrenqueira que quando gosta, gosta; mas quando não gosta…

MarriageContract13-00023

Cansou de assistir romances, ação, comédia e quer algo mais forte para as emoções? Super recomendamos esse! xD

Vídeos

Dorama – Jumong

jumong

Gênero: Histórico;
Episódios: 81;
Exibido em 2006/2007.

Elenco principal:
Song Il Gook como Jumong
Han Hye Jin como So Seo No
Kim Seung Soo como Prince Dae So
Hu Joon Ho como Hae Mo Su
Oh Yun Soo como Lady Yoo Hwa

jumong2

Sinopse:

Ao longo de toda a história da humanidade, reinos e impérios são criados e destruídos. Jumong conta como o reino de Goguryeo (Hj a região das Coreias) se formou, através de guerras e unificações, e tudo isso gira em torno de Jumong, o príncipe destinado a ser o rei de uma nova nação.

jumong1

O pai de Jumong e o príncipe de Buyeo eram grandes amigos, e juntos criaram um exército rebelde que lutavam contra a dinastia opressora dos Hans. Porém, o império tinha muito mais poder que eles, e criaram uma arma imbatível: uma cavalaria equipada com armas, imbatível na época. O exército Dal Mul acabou sendo derrotado, e seu líder, Hae Mo Su, preso e torturado até a morte. O príncipe, que enfrentava o conflito entre acreditar nos ideias do exército rebelde e ao mesmo tempo ser aquele que teria que pensar politicamente no seu reinado para proteger seus súditos, teve que assistir tudo acontecer calado. A única coisa que ele pode fazer pelo amigo foi abrigar a sua mulher, pela qual ele também era apaixonado, no palácio, como sua concubina. Assim, o filho do líder dos rebeldes, Jumong, nasceu como um príncipe, ganhando a mesma posição que os irmãos, filhos legítimos da rainha. Ele cresceu sem saber da verdade, tendo todos os privilégios de uma menino bem nascido, ainda que fosse desprezado pelos outros príncipes e pela rainha. Porém, quando ele descobre a verdade e a realidade do sofrimento dos refugiados que seu verdadeiro pai lutou por tanto tempo para proteger, enfim ele dá seguimento à profecia da sacerdotisa de Buyeo, que diz que ele será o responsável por criar uma nova nação. E, a partir disso, acompanhamos anos dessa história repleta de altos e baixos, acompanhando todo caminho do general Jumong para criar Goguryeo.

Jumong-Mari-Hyoppo-Oi

Opinião LAP:

Jumong foi aquele dorama que tínhamos desde a época pré-história dos fansubbers dedicados a doramas (um minuto de silêncio pelo Jdrama), e que estava mofando no HD simplesmente por ter mais de 80 episódios xD Sim, gigante. Mas, no fim, quando se começa o primeiro episódio, é difícil parar e acompanhar o desenvolvimento.

Ele não tem tantos efeitos nem tantos poderzinhos como os doramas de época que gostamos de ver. Mas, sem o sucesso que Jumong fez em 2006, não teríamos o investimento que se teve nesses doramas-de-épocas atuais. Ele acabou sendo aquela história que o país todo acompanhava junta, e torcia para todos os personagens. Ainda hoje o ator que faz o Jumong é conhecido por isso (e por ser o pai dos Trigêmeos \o/), ao ponto de que ele continua se dedicando aos doramas de época (e, gente, ele treinou por anos para ter postura de rei, é a primeira pessoa que deve vir na mente dos roteiristas quanto tem um rei de época na história xD).

d96ef316e9e1d7cd0840b078899c8f1e

Algo legal de dizer sobre Jumong é que ele teve continuação: King os the Wind, onde se desenrola a história do filho dele. Também, tem o The Legend, esse sim cheio de efeitos especiais, que conta sobre uma época mais mística, com deuses entre os humanos. Apesar de se passar em um tempo após Jumong, o primeiro episódio conta a lenda do nascimento do pai do Jumong, uma batalha de deuses problemáticos xD Os episódios seguintes contam a história da reencarnação desse povo todo, em outro momento do reino.

E, uma última coisa a se dizer: Jumong talvez só perca para Game of Trones no quesito mortes, pq no resto é tudo sobre quem vai ser rei no final xD

jumong-family

Vídeos

 

DORAMA – Cinderella and Four Knights

Gênero: Comédia romântica;
Episódios: 16;
Exibido em 2016

22838bf6-d055-4cc1-a028-d465e40b945c

Elenco principal:
Jung Il Woo como Kang Ji Woon
Ahn Jae Hyun como Kang Hyun Min
Park So Dam como Eun Ha Won
Lee Jung Shin como Kang Seo Woo
Choi Min como Lee Yoon Sung
Son Na Eun como Park Hye Ji

5b16deb0-18ee-49aa-9826-87b66bc8502f

Sinopse:

Eun Ha Won vive com a madrasta e a irmã postiça interesseiras, que a tratam como uma serva, fazendo questão de afirmar que o pai (que trabalha viajando) não gosta mais dela, que ela dá muita despesa e que não precisam se preocupar com a educação dela. Mesmo crescendo com todo esse desprezo, Eun Ha Won é forte e dedicada, e tenta por si mesma conseguir dinheiro suficiente para pagar a sua faculdade. Porém, um dia ela descobre que o pai nunca pagou pelo lugar onde as cinzas da sua mãe estão, e a dívida é enorme. Então, para conseguir o valor que precisa, ela acaba aceitando a oferta de um senhor muito rico, de tentar fazer com que os seus três netos sejam realmente uma família. Por ter chegado ao ponto de ser expulsa de casa e sem ter mais a quem recorrer, Eun Ha Won abafa o seu orgulho e aceita o contrato de conviver com esses três rapazes + 1 bem diferentes (detalhe, sem poder desenvolver um relacionamento amoroso com nenhum deles) e começa a trabalhar no desafio de fazê-los serem amigos. O problema? Nenhum deles está realmente interessado nisso xD

cinderella

Opinião LAP:

Cinderella and Four Knights tem aura juvenil em todos os cantos. Não tenta ser um dorama que alcança todas as idades, é essencialmente voltado para jovens e, mantendo essa proposta, acaba conquistando, ao ponto de nos fazer querer continuar acompanhando a trama. Pontos para a produção que não ostenta riqueza, no estilo menos é mais, e ainda assim consegue passar toda a sofisticação que só o dinheiro pode manter xD E aí se inclui a qualidade das gravações e feitos de câmera.

E, sobre os meninos, é importante dizer que todos são o príncipe da Cinderela. Quem ela escolher no final será muito mais ligado aos seus valores do que com o desenrolar do conto de fadas xD

cinderella-0708-front_1

E, falando em fadas, existe sim a fada-madrinha. Porém, ela está mais para princesa presa na sua torre de marfim do que uma realizadora de finais felizes de mocinhas pobres xD

fullsizephoto748180

Não é um dorama com uma super história, mas é divertido acompanhar, principalmente os diálogos entre a Cinderela e os herdeiros, e torcer por eles. Vale a pena assistir \o/

Vídeos

Bolinhos da minha vida, uni-vos!

QRCODEMAKKAROMB

Para quem, como eu, vem acompanhando extasiada tudo o que está rolando com o casal mais celebridade do momento pelo #noivadonick, sabe que esse casamento conto de fadas está com os dias contados para ter um final feliz. A festa está sendo organizada no Hotel Central, a segurança estará em peso e não tem como reles mortais como nós entrarmos sem um convite. Mas quem disse que a MakkaronB é uma mera mortal?! xD

Siiiiiim, como vocês podem conferir no meu último vídeo, recebi um convite para participar dessa cerimônia, já que sou a responsável por #casamentodaplebeia ter revirado a internet do avesso nesses últimos dias! Então, podem esperar que estarei em todo o meu esplendor capturando cada momento desse evento, cada deslize das estrelas, cada salgadinho roubado do bufê, cada passo-de-salto dado fora da linha para entregar de bandeja para vocês.

Para você, bolinho recém saído do forno no mundo da MakkaronB que quer ficar a par de todo o histórico #noivadonick e #casamentodaplebeia, é só acessar esses dois links e saber de tudo. Não perca a oportunidade de fazer parte desse evento-fênomeno! \o/

https://goo.gl/zEUW2D

https://goo.gl/28egf9

Ps: dizem que terá um telão instalado na frente do hotel para que aqueles que não foram convidados possam assistir a uma transmissão ao vivo do casamento. Isso confere produção? Que tal meus bolinhos todos estarem lá, devidamente caracterizados, e tentarem me encontrar entre os convidados? Prometo que estarei bem a vista xD

Sua super vlogueira,
MakkaronB.

MakkaronB001

DORAMA – Goblin

Subtítulo: The Lonely and Great God
Gênero: Fantasia/ Comédia
Exibição: 2016/2017

romance-supernatural01

Elenco principal:
Gong Yoo como Kim Shin
Kim Go Eun como Ji Eun Tak
Lee Dong Wook como Wang Yeo
Yoo In Na como Kim Sun / Sunny
Yook Sung Jae como Yoo Duk Hwa

4914_goblin_nowplay_small_oxgpcrm

Sinopse:

Há muito tempo atrás, existiu um guerreiro que ceifou várias vidas ao mando do monarca que servia. Retornando para casa vitorioso, acabou sendo traído e condenado a morte pelo seu rei. Agonizando no campo em que foi jogado para morrer e servir de alimento para os animais, ele olhou para o céu em seu último suspiro de vida e desafiou deus. E deus o escutou.

10138_8768_1511

Assim, Kim Shin foi agraciado/condenado a uma vida eterna, sendo um goblim, com poderes quase iguais aos de um deus maior. Mesmo hoje, quase mil anos depois, ele vive dessa forma, e a única pessoa que pode livrá-lo da sua maldição para que possa morrer em paz é a sua noiva, alguém que ele nunca encontrou.

2476525_image_2

Porém, em um tempo bem perto do nosso, ele ouviu as preces de uma mulher agonizando, vítima de atropelamento, clamando por um milagre se algum deus estava ouvindo. Kim Shin estava por perto e viu o que aconteceu, e apareceu para a mulher. Ao vê-lo, ela implorou não pela vida dela, mas pela vida que ela carregava. Assim, o goblim não só desfez o trabalho de um ceifador como fez uma vida que não deveria existir, existir. E criou sua própria noiva.

maxresdefault

Ji Eun Tak cresceu com a estranha capacidade de ver pessoas mortas, e sempre as ouvia a chamando por um único nome: a noiva do goblim. Da mesma forma que ela via fantasmas, ela também tinha a capacidade de ver ceifadores. E o primeiro que ela viu veio retificar o erro de a vida da sua mãe estar continuando quando já deveria ter acabado. Uma velha, amiga da sua mãe, a ajudou a fugir e a alertou para nunca olhar nos olhos deles, ou eles saberiam da sua capacidade e descobririam quem ela era.

kul_news_goblin-6

Assim, Eun Tak cresceu em uma família que não gostava dela, a tratando como uma escrava. A única certeza que ela tinha na vida era de ser noiva do goblim… até que, um dia, eles se encontram, e toda a história realmente começa.

2476525_image_1

Opinião LAP:

Goblin é um dorama que você começa assistindo e as cenas e a trilha sonora são tão épicas que você não pisca. E quando termina o primeiro episódio você assiste todos os outros na sequência xD

Foi de longe o melhor dorama de 2016 (já que ninguém entende até hoje o final de Descendants of Sun), e com louvor até o fim. esperado desde o seu anúncio, tanto pela super-roteirista quanto pelo super-elenco, não desapontou! apesar de não entendermos o que a mesma roteirista fez com o final de Descendants of Sun xD

flat1000x1000075f-u2

Ainda, além da história principal do goblim e sua noiva, temos a história do ceifeiro e da dona do bar, que a princípio parece só o casal coadjuvante representando um relacionamento que nunca poderia dar certo (um deus da morte e uma humana). Porém, contudo, no entanto, existe um passado para esses dois personagens que está diretamente ligado ao destino dos dois principais xD

goblin5-00184

E temos outros deuses que aparecem na história, meio que mexendo os palitos para ajudar esse povo, ora se intrometendo, ora fazendo tudo desandar, ora dando o caminho certo.

c22d9a8c9284716667460ffd56f2f540

Mas, como fica essa classificação fantasia-comédia? Confira alguns dos diálogos entre o Goblin e o Ceifador que dá para entender todos os motivos xD

goblin-episode-13-recap

Destaque vai realmente para as músicas e a produção das imagens, que ajudou 90% a dar ao dorama o clima ‘épico-de-mil-anos’.

goblin-episode-2-1

Vídeos