Livros

CÂMERAS, LUZES E DIVERSÃO!

É nosso niver de 20 anos e podemos sim anunciar livro novo xD

Enrique: Vocês têm certeza disso?
P: Absoluta!
L: Melhor ideia da semana!
Enrique: Mas… não seria melhor pedir para a Bárbara?
P: óbvio.
L: Pedimos, E ela disse que tem coisa mais importante pra fazer.
Enrique: Ahn… E o Nick?
P: Não somos loucas de desafiar o fã-clube dele.
L: Imagina elas ficarem sabendo que o Nick foi nosso mediador em uma entrevista para a editora?!
P: Melhor ser você mesmo, um desconhecido (sorrisão).
Enrique:
P: Desconhecido no bom sentido!
L (cochichando): Precisa ter bom sentido?
P (cochichando): Melhor ele entender como um elogio.
L: Mas-
Enrique: Posso ouvir vocês.
P: No bom sentido, com certeza!
L: Já te falamos que vamos te pagar com dois, repare o número, dooooooois vale-pizza?
Enrique (suspirando): Ok, vamos começar então… (lendo o papel digitado) Lhaisa Andria e Paula Vendramini se conheceram ainda na escola e começaram uma amizade baseada em livros, teatro e chocolates. Foi o princípio da escrita em conjunto e todo um estilo próprio de compor personagens. Através da construção de mundos, usando como referência os universos imaginários dos quais eram fãs, elas usam uma forma divertida de contar histórias: o cenário imaginado no papel sustenta o palco para o desenvolvimento de personagens que conquistam os leitores sendo simplesmente eles mesmos.
P (emocionada): Ficou lindo, neh?
L: #orgulhosas
Enrique: Agora eu faço as perguntas e vocês respondem espontaneamente?
L: Essa é a ideia.
Enrique: Vocês têm certeza disso?
P: Você já fez essa pergunta.
Enrique: Acho melhor firmarmos um contrato de isenção de responsabilidade antes de continuarmos.
L: Acha que não temos os 2 vale-pizzas?
Enrique: Não. Só quero, no futuro, garantir que não tive nada a ver com isso, que só fui um contratado.
P (suspirando): Se você acha melhor assim…
(2hs depois, após várias discussões sobre as cláusulas do contrato e finalmente a assinatura das autoras).
L: Satisfeito agora, senhor Enrique?!
P: Devíamos ter escolhido a Maria Júlia como terceira opção, seria mais fácil…
Enrique (ignorando): Vocês escrevem juntas há bastante tempo, mas desde quando isso se tornou oficial?
P: Foi bem parecido com o nosso caminho com as fanfics. Primeiro tínhamos histórias individuais, e então resolvermos escrever juntas.
L: Quando resolvemos sair do mundo das fanfics e escrever um original nosso, cada uma tinha o seu, que então se tornaram os livros da Série Devoy e da Série Almakia.
P: São mundos de fantasia que criamos, que pensamos em cada detalhe deles, desde a geografia, o passado, a evolução das pessoas que habitam esse mundo e todos os conflitos que regem as duas histórias.
L: As duas séries falam sobre assuntos que focam revoluções sociais dentro dos contextos que criamos… Adoramos, mas cansa. Tinham capítulos que exigiam demais de nós porque nós mesmas nos exigíamos demais como escritoras de fantasia.
P: Então, um dia, resolvemos escrever em paralelo algo para nos divertir. Não pensamos que poderia se tornar outro livro ou outra série, mas acabou virando. Foi o primeiro livro em que voltamos a escrever em conjunto, como era na época das fanfics.
L: Esse foi o Princess Vs Witch, o primeiro livro do que chamamos de Série Versus. E gostamos de descrevê-lo como uma fantasia colorida, justamente por ser divertida! É algo que pode ser lido por qualquer idade, e ao mesmo tempo ter uma história incrível como sempre são nossas histórias!
Enrique (com descaso): Sei… Mas, vocês precisam ser mais objetivas. Vejam bem, a pergunta foi-
P: Sabemos a pergunta, Enrique! Fomos nós que te entregamos o papel com elas!
L: E gostamos falar!
Enrique: Lembrem essa entrevista é para um post e não para uma biografia.
P: É mesmo…
L: Tsc, ele sempre tem razão… Enfim, resumindo! Com a série Versus nos desafiamos a escrever em conjunto usando primeira pessoa. Depois, com Minta Comigo! avançamos para o nível romance.
Enrique: Vocês acham que escreveram um romance?
P: Não gostou do romance? Podemos desfazer ele bem fácil, é só-
Enrique: NÃO, ESPERA! Calma, não me interpretem errado.
L: Siga o contrato, senhor Enrique!
Enrique: Ok… Olha, vocês acabaram respondendo outras três perguntas só com essa primeira, então vou pular para a que eu acho mais importante. Sobre o que fala a história de Minta Comigo?
L: Mentiras!
P: Uma, na verdade, que dá o início para todas as outras!
L: Era para ser uma mentira de um dia, mas acabou virando um problema nível imprensa nacional!
Enrique: Os leitores não querem ouvir vocês se gabando de terem escrito sobre mentiras. Falem sobre o enredo da história.
L: Mas a mentira é todo o enredo da história.
Enrique: Tudo bem, então contem de uma forma que os leitores que não sabem da mentira possam entender… Olha, está escrita a sinopse aqui, só leiam e a entrevista estará completa (entregando a folha digitada).
P: Mas você pulou um monte de perguntas importantes!
Enrique (relendo a folha): Não, não pulei. Duvido que alguém queira saber os nomes de todos os seus gatos, Lhaisa, e também duvido que eles queiram saber sobre a cartinha que a professora da creche da Bela mandou elogiando a sua filha, Paula.
P: Por que, não?!
L: Todo mundo adora crianças fofas e gatos!
Enrique: Não, não querem saber! Podem perguntar para a Eleonor o que tenho certeza que ela vai concordar comigo.
L (pegando a folha): Tsc, tudo bem… Você começa ou eu, P?
P: Começa, já que está com a folha. Aí eu leio aqui, o final, fazendo uma coisa mais teatro.
L: Maria Júlia estava vivendo – de forma relativamente harmoniosa – até se deparar com a pessoa que preferia eliminar do seu passado: a melhor amiga. Sem ter como fugir, ela acaba inventando a primeira de todas as mentiras que transformariam a sua vida para sempre, passando pelo caos, desespero, uma ameaça de processo, um contrato, um astro da tv desempregado, fuga das câmeras, uma herdeira, parentes indignados e… romance, é claro!
P: Alguma coisa precisa dar certo no final! Então, luzes, câmera e que a mentira comece!
Enrique:
L:
P:
Enrique: Pronto? Terminamos?
L: Mas, eu queria contar que a minha gata chamada Pandemia hoje pulou na geladeira e-
Enrique (saindo): Tchau!
P:
L:
P: Sabe, L, hoje a Bela na creche…

PERSONAGENS

Quando pequena, perdeu os pais e o irmão em um acidente e foi viver no interior com a avó. Desde então, cresceu nesse lugar com o estigma de menina-da-cidade-grande. Madu (Mari Julia) e ela fazem parte de famílias rivais, mas isso não as impediu de se tornarem amigas muito próximas… Até Maju descobrir todas as verdadeiras intenções que reinavam por trás da gentileza e bondade da outra. A decepção foi tão grande que a única forma que sua avó encontrou de contorná-la foi mandando a neta de volta para a cidade, para recomeçar. Depois de sete anos estabelecendo uma nova vida, Maju vê tudo desmoronar ao simplesmente se encontrar com Madu em uma festa, e para não se perder para sempre ela se agarra na única alternativa de fuga que viu na sua frente: uma mentira.

Apresentador absoluto da TV nacional, que construiu seu sucesso sendo carismático e tendo um rosto bonito. Porém, quando não está na frente das câmeras, volta a ser o garoto desleixado e mimado que dava dor de cabeça para os pais quando estava na escola. Se não fosse pelo seu melhor amigo e assessor, Enrique, sua vida de famoso seria uma completa bagunça e com muito menos brilho do que ela tem hoje. Acaba entrando na mentira da Maju para se salvar: por ter se envolvido com a filha do dono da emissora, foi afastado do seu programa e pode ter seu status abalado se a verdade oficial for revelada.


Pessoa organizada e centrada no seu trabalho, super eficiente e sempre atento ao melhor para Nick, o seu patrão. Foi ele quem enxergou na mentira da Maria Julia uma salvação para a situação complicada da carreira do amigo, que estava prestes a afundar pelas quebras de contrato que sua saída repentina do programa causou. E, para conseguir o que queria, não hesitou em deixar bem claro para a Maju que ela seria processada caso não aceitasse participar da elabora farsa de #NoivadoNick. Porém, nem mesmo Enrique consegue lidar com os imprevistos dessa mentira que só tende a aumentar.

Um furacão. Ela demora um pouco para aparecer na trama, mas quando aparece já se impõem como personagem destaque. Apesar de ser a única herdeira do império televisivo, ela não se contenta em somente usufruir da boa vida que a posição lhe proporciona, e desde cedo trabalha como produtora de televisão. Com um talento inegável, prefere estar nos bastidores ao palco central, e foca todo o potencial da sua personalidade expansiva em fazer brilhar suas produções. Contudo, como no trabalho sempre está sob a vigilância do pai, ela precisou procurar uma alternativa para poder mostrar quem é de verdade.


Simplesmente, a influencer mais famosa do país. Com um canal focado em celebridades e assuntos relevantes no mundo do entretenimento, ela é famosa por sempre ter as informações babados antes que todo e qualquer meio de comunicação. Longe de replicar conteúdo, ela é uma das fontes mais confiáveis sobre fofocas de famosos, ainda que tente ao máximo encobrir os verdadeiros nomes das pessoas mencionadas. Por um longo tempo, seu alvo principal foi Nick Pompeu, e as réplicas online dos dois se tornaram uma febre na internet, fazendo com que a fama de ambos só aumentasse. Por sempre se apresentar com um visual espalhafatoso, a verdadeira identidade dela é um grande mistério.

Sinopse

Maria Julia estava vivendo de forma relativamente harmoniosa, até se deparar com a pessoa que desejava eliminar do seu passa­do: a melhor amiga. Sem ter como fugir, ela acaba inventando a primeira de todas as mentiras que transformariam a sua vida para sempre, passando pelo caos, desespero, uma ameaça de processo, um contrato, um astro da tv desempregado, fuga das câmeras, uma herdeira indignada, parentes excêntricos e… romance, é claro! Al­guma coisa precisa dar certo no final 😀

Então, luzes, câmera e que a mentira comece! \o/

Lhaisa Andria e Paula Vendramini se conheceram ainda na escola e começaram uma amizade baseada em livros, teatro e chocolates. Foi o princípio do Grupo LAP e todo um estilo próprio de criação fantástica. Através da construção de mundos, usando como referência os universos imaginários dos quais eram fãs, elas desenvolveram uma forma divertida de contar histórias: o cenário de fantasia sustenta o palco para o desenvolvimento de personagens que conquistam os leitores sendo simplesmente eles mesmos. Minta Comigo foi a primeira aventura das duas com uma história que se passa no mundo real, e promete não ser a única.

Uma opinião sobre “CÂMERAS, LUZES E DIVERSÃO!”

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão /  Alterar )

Google photo

Está a comentar usando a sua conta Google Terminar Sessão /  Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão /  Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão /  Alterar )

Connecting to %s