DORAMA – Ojakgyo Brothers

w2

Gênero: Romance familiar
Episódios: 58
Exibido de agosto de 2011 até fevereiro de 2012.

Elenco:
Família Hwang
Joo Won como Hwang Tae Hee
Ryu Soo Young como Hwang Tae Bum
Kim Yong Rim como Madam Shim
Baek Il Sub como Hwang Chang Shik
Kim Ja Ok como Park Bok Ja
Jung Woong In como Hwang Tae Shik
Yun Woo Jin como Hwang Tae Pil
Park Hee Gun como Hwang Guk Soo
Kim Hyuk como young Hwang Chang Hoon
Família Baek
Uee como Baek Ja Eun
Lee Young Ha como Baek In Ho
Jo Mi Ryung como Jung Yoon Sook
Família Cha
Choi Jung Yoon como Cha Soo Young
Kim Yong Gun como Cha Hyun Jae
Park Joon Geum como Nam Yeo Kyung
Song Sun Mi como Nam Yeol

Sinopse:
(calma, respira para começar, pq são muitos capítulos e muita gente com muitos envolvimentos xD)

Esse dorama conta a história de uma família com 4 filhos, todos já adultos. Basicamente é a avó, o pai e a mãe, que moram e trabalham na chácara junto com o filho mais velho e o mais novo. Dos outros irmãos, temos o segundo mais velho, que é um repórter e trabalha em uma grande emissora, e o terceiro filho, que é um policial investigador – sendo que somente o repórter não mora da casa com os pais. Além dessa família, temos a família Beak, com o pai, a filha e a madrasta. Aconteceu de o pai dessa família viajar para a China a negócios e o navio onde ele estava afundar. Com a morte dele, estoura a bomba que são as dívidas da empresa, e tudo o que a filha e a madrasta tinham são levados: empresa, casa, bens, dignidade, tudo. Sem dinheiro a filha, a Ja Eun, não pode continuar a faculdade de artes, e a madrasta não pode mais levar o nível de vida de madame que tinha. Ainda, Ja Eun entra em depressão, porque tinha uma ligação muito forte com o pai. Porém, o choque de ser abandonada pela madrasta faz finalmente a ficha dela cair: está sozinha no mundo e precisa se virar. Procurando por uma solução para terminar os estudos, ela descobre que seu pai tinha deixado uma propriedade rural em seu nome. É assim que ela vai de encontro à Chácara Ojakgyo, reivindicar o que é seu. Só tem um pequeno detalhe: os únicos dessa família que não sabiam que aquela propriedade não lhes pertencia de verdade eram o pai e avó. Assim, se inicia a jornada da Ja Eun para tentar recuperar o que é seu por direito e dos irmãos de defenderem o que seus pais construíram ali por anos.

110

Opinião by LAP:
Primeiramente, esse dorama é bem diferente do formato de Kdramas que temos por certo e bem mais próximo das produções daqui em questão de número de episódios – tem mais de cinquenta! A qualidade da produção é inferior (não sabemos, mas talvez a verba seja a mesma não importando o número de episódios, e nesse caso ela precisou ser diluída xD). Porém, isso não quer dizer que a história não é boa e que se torna chata com tanto espaço sobrando. Sim, tem muitas cenas de comédias desnecessárias, mas são nessas cenas que podemos perceber que é uma produção focada em um público diferente, uma coisa mais família, para todas as idades encontrarem motivos para assistir. Por isso, temos o desenvolvimento dos romances singulares dos 4 irmãos, os problemas da mãe com os seus patos, a avó com o dilema de ter mentido sobre as posses de sua família e outras coisas, o pai e sua implicância sobre o fato de o filho mais velho não ter se casado ainda… Enfim, só os 4 romances já dão muito pano para toda a história:

w1

Primeiro irmão: o mais velho e que sofre uma pressão enorme em se casar e continuar com a tradição da família. Ele já tem quase quarenta anos, e ele mesmo se cobra pelo fato. Em contrapartida a ele, tem a mãe solteira que vive como de aluguel na propriedade, e que na verdade é alguém que foi apaixonada por ele na juventude. Conforme a história vai andando, descobrimos os motivos de ela ter se afastado dele, e ficamos torcendo para que ele lembre que já a conhecia. E, para esse irmão, surge uma questão bem complicada: um filho que nasceu de uma namorada que ele teve quando esteve nas Filipinas. Como lidar com esse filho que simplesmente foi mandando pela mãe para viver com o pai desconhecido em um país diferente e toda a questão de preconceito – pela cor da pele diferente – que ele traz junto?

Segundo irmão: esse sempre soube que seria famoso como ninguém da família ousou ser antes. Por isso ele é cheio das artimanhas para conseguir reportagens grandes e com isso se destacar dos seus colegas e estar a frente deles na emissora. Particularmente da sua chefe, que está na posição que ele deseja escalar no momento. Só que uma noite de comemoração da equipe, bebedeira e implicância dos dois termina com esses inimigos declarados acordando juntos em um hotel. Aos poucos eles vão lembrando do que aconteceu, e não tem como negar que realmente aconteceu. O problema são as consequências disso, prometidas para nove meses depois xD

am-aojakgyo-brothers-e33-450p-hanrel-am-addiction10-31-17

Terceiro irmão: o preferido da vovó e o que é mais apegado à família. Profissionalmente, ele ter orgulho de estar a serviço da justiça e se preocupa em ajudar as pessoas. Foi em uma das suas missões que ele conhece a Ja Eun e a prende. Somente depois que os dois têm conhecimento de que a treta entre eles vai ir além da delegacia e passa para o ambiente familiar, mas a ‘não vou com a cara dele(a)’ continua igual… E, essa coisa de brigar muito sempre termina de algum jeito, neh? xD

Quarto irmão: um playboy que quer dinheiro para manter a vida boa e não aceita de forma nenhuma o fato de na verdade ser um caipira. Para fugir dessa realidade, ele se especializou em ser um caçador de moças ricas, sempre atento a como pode se aproximar delas e conseguir coisas. Mas, nessas suas empreitadas, ele acaba esbarrando com uma senhora divorciada, totalmente fora do perfil que ele sempre caçou, mas que meio que passa a estar constantemente a sua volta. E, por acaso, ela é tia daquela chefe do segundo irmão xD

ojakkyo-header1

E, é claro, temos a Ja Eun (que é a personagem principal? Não fica claro que é, na verdade xD) Ela entra na vida dessa família e tenta conseguir o que é seu. Mas, com o tempo, ela percebe que não vai conseguir nada pela força, até porque a família não roubou nada, teve o consentimento do seu pai para viverem e construir suas vidas ali. O que fazer então, já que ela realmente precisa daquele lugar? Viver ali, claro. Tudo o que ela precisa fazer é convencer a família disso, principalmente a mãe teimosa que não a quer ver nem pintada na sua frente xD

Mas, tem um mistério essencial em tudo isso: por que exatamente o pai da Ja Eun deu a propriedade para essa família e qual a relação disso tudo com o terceiro irmão? Isso pode tornar a relação entre esses dois mais conturbada do que já é.

top_1

Muita explicação, não? xD

Como dissemos, não é uma grande produção, mas vale a pena acompanhar essa família e todos os rolos envolvidos com eles xD Só tenha bastante tempo sobrando para essa maratona de 58 episódios xD

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s