RESENHA – Os Sete

Os Sete

Autor: André Vianco.
Editora: Novo século.

Sinopse:

Uma caravela portuguesa naufragada há cinco séculos é descoberta no litoral brasileiro. Dentro dela, sete cadáveres aprisionados em uma caixa de prata, acusados, na época, de bruxaria. Universitários irão estudar os cadáveres, que estão em perfeito estado de conservação… Será que estão mesmo mortos?

Resumo by LAP:

A história gira em torno de sete amigos, que tiveram uma história juntos na infância e agora adultos seguem com suas vidas. Dois deles descobrem uma caravela afundada no litoral brasileiro e mergulham para resgatar esse pedaço de história que pode mexer com o passado do nosso Brasil. Porém, o tesouro que eles encontram no ‘baú’ não são exatamente joias e ouros, mas cadáveres. Ignorando as inscrições que alertam sobre um grande perigo, os cadáveres são levados para terra firme para serem analisados, e quando um pequeno corte lança a gota de sangue que desperta o primeiro dos irmãos, não demora muito para que os demais comecem a despertar.

Resenha by LAP:

Como a moda de um tempo atrás fora vampiros, André Vianco se destacou aqui no Brasil, mesmo sendo anterior. Seus vampiros não brilham no sol ou são gentis. São portugueses que estiveram adormecidos por centenas de anos e despertam no nosso mundo moderno, aprendem rápido e não demoram para colocar em prática o plano de dominar a raça humana (já que não temos mais coisas incomodas como a inquisição). Cada um dos vampiros tem um poder especial, que lhes garante mais poder além das presas e da força monstruosa.

Os sete, resumidamente, é um livro para meninos. Meninas que pensam encontrar um Edward brasileiro brilhando nessas páginas podem ir para outro canto. Toda a narrativa segue um ritmo sombrio, com ação, suspense e terror… Exatamente como um livro sobre vampiros deveria ser até o começo desse século (xD). O André não só conseguiu colocar vampiros no cenário brasileiro como criou toda uma base fundamentada e justificável para isso. Aliás, o passado dos vampiros por si só já rendem um livro e tanto. Os vampiros não são cruéis e sanguinários. São maus, são monstros, mas conservam um pouco de humanidade. Tirando o fato de serem vampiros, alguns deles são até educados enquanto não precisam de sangue xD

Agora, na opinião da LAP, o melhor de tudo é o Sétimo! (não, ainda não conseguimos ler O Sétimo). Mas só a não presença nele nesse livro já o marca como O personagem da série xD

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s