RESENHA – Cidade dos Ossos

Autora: Cassandra Clare;
Editora nacional: Galera.

RESUMO:
Clary, a primeira vista, se mostra uma garota um tanto aborrecida com a vida que leva, e isso acontece justamente por iniciarmos a leitura depois de uma briga entre mãe e filha. Pela discussão, ela decide sair com seu amigo Simon para não ficar em casa ao alcance das reprovações da mãe. Acontece que no lugar para onde eles vão dançar, encontram algumas pessoas estranhas, que chamam a atenção da garota e de mais ninguém. Ao se deixar levar pela curiosidade, Clary presencia uma cena que não deveria ver… que realmente NÃO deveria ver.  Afinal, ela é uma mundana, e mundanos só enxergam coisas do mundo. Esse é o primeiro incidente que faz com que Jace, Izzy e Alec entrem definitivamente na vida de Clary, revirando tudo e quebrando todas as certezas que ela tinha sobre sua própria história, revelando sua verdadeira identidade.

RESENHA by LAP:

Cassandra trouxe para as páginas a mesma formula da sua famosa série de fanfics, e é difícil ler o livro sem relacionar Instrumentos Mortais com as séries Draco e os livros Harry Potter.

O ponto forte dela são os diálogos, a relação entre os personagens e os acontecimentos um atrás do outro, que nos fazem querer continuar virando as páginas até o final, mesmo quando a história desacelera.

Não tem como gostar e não gostar mais do Jace. Ele é o típico mocinho loiro convencido que esconde tudo o que é e pensa atrás de um sorriso e uma resposta ferina. Agora, quando ele encontra uma baixinha que se revela um páreo duro para as suas respostas, é claro que ele vai ficar em volta. Afinal, aí está toda a graça! xD E de outro lado temos o Simon, o amigo de infância (que só Clary não percebe que ele é babosamente apaixonado por ela desde sempre), que não fica parado quando sua amiga de repente começa a agir de forma diferente e a se envolver com pessoas estranhas. Também temos a mãe de Clary (que não consegue explicar tudo a tempo, mas que deixa pistas para que a filha seja capaz de encontrar um caminho) e o tio suspeito (que sabe e é muito mais do que aparenta). Juntando tudo isso aos irmãos Alec e Izzy, sua mansão repleta de coisas legais (um gato que sabe onde ir e onde as pessoas estão! \o/) e o tutor sentenciado, Cidade dos Ossos abre as cortinas para todo um grande evento e nos mostra seus personagens principais. Somos apresentados a um novo velho mundo, onde anjos criaram sua legião de guerreiros contra as forças das trevas e uma batalha é travada sem nos darmos conta. Depois que o primeiro passo é dado por Clary, nos deixamos levar pelos Nephilins, e tudo o que queremos é saber sobre tudo o que NÃO PODEMOS VER.

One thought on “RESENHA – Cidade dos Ossos

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s