HP e a LAP \o/

Semana passada deixamos nossa resenha passar em branco para fazer um especial hj xD

Com o granfinale da nossa série preferida nas telonas, com toda a movimentação mundial em torno disso, por que não aproveitarmos o espaço para falar de HP de uma forma que nunca falamos? Ao mesmo tempo, vamos contar uma parte da história da LAP.

Então, Yay, iá! Vamos lá! o/

***

Pulando toda a parte de como JK começou a publicar as histórias sobre um certo menino de óculos redondos, maltratado pelos tio e primos que de repente descobre um novo mundo do qual sempre fez parte e era considerado um herói, vamos nos fixar em um ponto de partida no ano de 2000.

Nessa época, aqui no Brasil, Harry Potter e a Pedra Filosofal já era um livro que ganhava espaço entre os mais vendidos, e o lançamento do seu segundo volume estava a caminho. Começaram a aparecer reportagens em revistas falando sobre, e a L se deparou com uma delas. A princípio, o que obviamente chamou a sua atenção foi o desenho da corujinha branca, do castelo e do menino na vassoura… só. Um tempo mais tarde ela leu a reportagem inteira e percebeu que era sobre um livro… só. Foi em um dia no mercado, com dinheiro conseguido com trabalho honesto de faxina para mãe, que ela resolveu comprar pela primeira vez na vida um livro seu (que não fosse emprestado de bibliotecas ou alguém), e HP estava em promoção (ia sobrar um pouco para chocolates xD). O problema foi que a L comprou o volume 2, nem imaginando que era o 2 xD Isso foi em um domingo. Domingo a noite L terminou de ler e percebeu que era o volume 2. Segunda ela recebeu encantada a notícia de que a biblioteca da sua escola tinha recebido o volume 1, e a bibliotecária passou por cima de todas as regras emprestando o livro antes mesmo de ele ter sido registrado como livro da instituição. Segunda a noite L terminou de ler o livro. Na terça L leu o 2 de novo… e isso foi o começo do fim xD

Falando como L agora, o que me chamou a atenção em HP foi o fato de ele contar exatamente um tipo de história que eu sempre quis ler, mas nunca encontrava. Quantos livros falando sobre aventuras fantásticas, que não fossem em linguagem para crianças de até 6 anos e com mais de 200 páginas, existiam?… Aqui, pelas redondezas pelo menos, nenhum. Senhor dos Anéis, Crônicas de Nárnia, Brumas de Avalon? Nenhum deles estava ao nosso alcance. E lembre-se que na época a internet era discada, daquelas que só podíamos acessar no domingo para gastar menos… Baixar e-books em um computador com HD de três gigas? Peraí! Já existiam e-books em 2000?… É pra rir, não? xD Crianças do Brasil de hoje, a LAP foi criança na pré-histórica era do final do século XX! Ter um computador em casa para fazer trabalhos em um processador de textos já era um luxo xD…

Ok, voltando à narrativa normal.

No ano seguinte, já sendo uma conhecedora de sites de HP e de fanfics, L desenhava tranquilamente em alguma aula tediosa (uma tentativa muito mal-feita de Harry Potter, só não pior do que a tentativa de Weasleys e Hermione), alguém brotou ao seu lado dizendo: Que legal! Você que fez? O que é?! Essa foi a P em uma época obscura e patty da sua vida, iniciando o ensino médio em uma escola nova e se deparando com a L desenhando em seu canto autista da sala xD Quando P soube que era um livro, imediatamente quis emprestado, coisa que a L fez com muito prazer, porque era raridade um colega de sala se mostrar tão interessado em livros quanto ela. No dia seguinte P jogou o HP01 na frente da L e exigiu: quero o 2!…  foi o principio do fim pra ela também.

Falando como P agora, o que me chamou a atenção em HP foium menino bruxo! Em todas as histórias fantásticas que eu já havia lido, nunca tinha um menino bruxo! Como eu era um princípio de adolescente rebelde em questões religiosas, aquilo era o máximo… e como eu gostava de ler, foi um pulo para o precipício. Com o HP eu descobri o mundo mágico de outros livros, como Avalon e Senhor dos Anéis (meu super favorito).

Em menos de três meses já estávamos interpretando papéis de grifinoriana e sonseriana, começando a escrever a Dois Passados. Logo conhecemos o Tio Laranja que nos trouxe o universo RPG (mesmo que nós só ficássemos espiando os meninos mais velhos jogando, porque na época ainda não éramos menininhas que recém saíram do fundamental e onde já seu viu vocês jogarem RPG com os meninos do terceiro ano?! Vão estudar, pirralhas!… Depois veio o teatro, a A, a LAP se consolidou e os anos se foram até onde estamos hoje (um dia ainda lançamos um livro completo contando sobre tudo isso). O que queremos deixar aqui com essa pincelada rápida sobre a história do surgimento da LAP, é o peso que a série Harry Potter tem em nossas vidas.

Mais do que o livro que lemos, como tantos outros durante todos esses anos, a série da tia JK nos abriu portas e janelas e nos mostrou caminhos que nos trouxeram ao que somos hoje. E o melhor de tudo é que não foi apenas com a gente! No mundo todo, muitas outras pessoas também foram influenciadas por essa leitura. Talvez muitas, como a L e a P, queriam ser veterinárias e atrizes da globo, e depois de HP viram o que poderiam ser de verdade. Os frutos desses dez anos pós-HP estão surgindo, já começaram com Cassandra Clare e o seu Cidade dos Ossos. Os textos estão saindo do laboratório das fanfics em forma de livros, e assumindo posições no mundo literário real. A LAP tem orgulho de fazer parte da Geração Potter, de ter acompanhado todos os passos e de ter crescido junto.

Já começamos aos poucos, com o Tratado Secreto de Magia e agora com o Histórias Envenenadas. Mas o nosso baú ainda está repleto de rascunhos e rabiscos aguardando o momento de irem para o mundo, e esperamos um dia fazermos diferença para uma nova geração de escritores, assim como JK Rowling foi para nós xD

Não vamos falar sobre os livros de HP, ou fazer uma resenha sobre eles. Além de com certeza escrevermos páginas e mais páginas sobre, nunca falando o suficiente, o mundo já está farto de informações sobre a série. Por isso, preferimos contar um pouco sobre nós e sobre HP em nossa vida.

E você? Tem uma história para nos contar? xD

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s