DORAMA – Invincible Lee Pyung Kang

Invincible Lee Pyung Kang – 천하무적 이평강
(Dorama Coreano)

Gênero: Comédia/ Romance;
Episódios: 16;
Exibido em 2009 (de novembro até dezembro)

Elenco principal:
Nam Sang Mi
como Lee Pyung Kang
Ji Hyun Woo como Woo Oh Dal
Seo Do Young como Edward
Cha Ye Ryun como Kwan Ja Rak
Kim Heung Soo como Je Young Ryu
Kil Yong Woo como Woo Pyung Won
Choi Myung Gil como Je Wang Hu

Sinopse by LAP:

ILPK faz um paralelo entre passado e presente, com duas histórias destintas dos mesmos personagens…

E no meio disso tem golfe xD
Como?! Calma, explicaremos xD  

Antigamente uma princesa valente e poderosa, hoje somente Lee Pyung Kang, ma filha mais velha responsável que batalha entre seu emprego no Resort de golfe da cidade do interior onde vive e ao mesmo tempo dirige a hospedaria da família. Woo Oh Dal, outrora um camponês folgado e com muita força, agora é o principe do Resort Shine Rose, o império do seu pai, que não só enfrenta problemas nos negócios como problemas de saúde.

Os dois se conhecem de uma forma bem típica em doramas coreanos: em uma situação constrangedora. E dali por diante esse dois não se conseguem se separar, não por não quererem, e vivem juntos confusões, intrigas e dramas. Se antigamente a relação deles era de princesa e de servo, agora é de herdeiro folgado-boa-vida com alguém responsável e boa demais para deixá-lo se afogar nas próprias idiotices. Toda a trama do presente gira em torno de um campo de golfe do Resort Shine Rose, que foi arquitetado pelo falecido pai de Lee Pyung Kang, e que agora está a mercê de uma madrasta malvada ambiciosa e de investidores internacionais. Lee Pyung Kang precisa lutar com todas as suas forças para que o sonho de seu pai não se desfaça pelas mãos de pessoas que só querem dinheiro, e para isso vai precisar de Woo Oh Dal e do seu temperamento confuso e violento xD

Comentários by LAP:

Lee Pyung Kang foi basicamente feito para rir xD A história se passa no interior, onde se fala de uma forma diferente e se tem um modo de viver diferente da ‘cidade grande’. Repleto de efeitos sonoros, com o cumulo de brigas com sonzinhos de famosos vídeo-games de luta, uma protagonista de voz esganiçada e um protagonista metido a Bruce Lee, o que mais podemos fazer além de se divertir com essa história que é uma sopa de situações? xD

Apesar de tudo, ainda tem o romance, sim. Oh Dal tem a sua Ja Rak (e o que ela viu nele?!), que também é cobiçada pelo seu meio-irmão-filho-da-madrasta-malvada, e a Lee Pyung Kang tem o Edward, um cavalheiro do estrangeiro, um antigo conhecido seu e do seu pai, que já a tinha conquistado por cartas e agora aparece pessoalmente para conhecê-la. Mas, será que não vai chegar um momento em que esses dois, Oh Dal e Pyung Kang, vão conseguir ir além de tapas, socos e provocações? xD

Não estamos muito inteiradas do assunto, mas Oh Dal e Lee Pyung Kang, princesa e servo, fazem parte de uma lenda coreana, e são personagens bem conhecidos. Existem várias outras histórias que falam sobre eles… Mas, como nosso conhecimento sobre só vai até aqui, vamos ficar apenas no mencionar o fato xD

Se alguém souber da história e quiser deixar um comentário nos contando, vamos agradecer imensamente por saciar a nossa curiosidade! \o/

Vídeos:

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s