ARASHILÂNDIA – Ore-sama o/



Olha que legal essa parte do show!…droga, o Jun tinha que se contorcer/ gemer/ mostrar a língua/ berrar/ passar a mão no cabelo/ tentar rebolar/ mostrar como seus ossos são desconjuntados/ mandar beijo para as fãs/ acenar tortamente/ se dobrar/ usar a sua pose de Ilustríssimo Eu…

O único solo que ele fez decentemente até hoje foi Yabai e ter transformado Wish em musical (do seu jeito torto, mas enfim…) foi um escolha de sorte.

Ele consegue incrivelmente fazer algo vergonhoso em todas as vezes que a câmera foca nele nos shows (ou quando ele consegue achar uma câmera, depende do ponto de vista).

Maaaas, continuamos sendo, indiscutivelmente, fãs dele! Por que:

1) Sem ele (e mais a fundo, sem a irmã dele), não haveria Arashi, porque ele é o que pensa no Arashi mais do que qualquer um; 

2) Se você assistir aos bastidores dos shows, vai conhecer um Jun diferente do que se contorce no palco. Ele é totalmente preocupado com a produção e em como serão as suas apresentações. ‘Repara nos mínimos detalhes’, sempre procurando ver o que eles podem fazer para atender melhor público .

3) Ele é um ator dedicado que consegue incrivelmente ser:
-> O Momo (Kimi wa Petto);
-> O Doumyouji  (Hana Yori Dango)
-> o Ban (Bambino);
-> E ao mesmo tempo ser o inconfundível MatsuJun.
Você não entende por que ele tem tantas fãs? Assista um desses seriados!

E some tudo isso ao fato de:
1)      Essa criatura ter sido atropelada por um caminhão quando tinha 7 anos, ter conseguido se levantar depois do acidente para pedir desculpa para o motorista e as pessoas em volta, e depois passar dois meses no hospital sendo remendado;
2)      Ter entrado para o Johnny’s por conta própria, por que a sua irmã gostava de um grupo de lá e ele achava legal;
3)      Ter sido o único para quem o próprio chefe ligou, depois de ter lido a sua ficha, e ter dito ‘You! Venha!’, sem precisar passar por nenhum teste;
4)      Ele ser, segundo uma teoria nossa, um filho perdido do Michael Jackson no Japão…

E, sim, ele é o bebê do Arashi. Nem era gente direito quando o grupo começou, tinha lá seus dezesseis aninhos… E, incrivelmente, ele conseguiu se tornar quem é hoje, mesmo sobre a influência da bakisse dos outros quatro!… E ainda consegue mandar e ser respeitado


Habilidade especial: ter um corte/penteado de cabelo por dia e a capacidade de atrair fãs loucas.

2 thoughts on “ARASHILÂNDIA – Ore-sama o/

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s